PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
Cesb- Espírita - 17 horas. Todos os sábados. É preciso saber, para bem viver"

Cesb - Espírita - Boa Ventura - Paraíba - Brasil

"Criança Evangelizada Hoje, Homem de Bem Amanhã"

PROGRAMA PENSE NISSO

PROGRAMA PENSE NISSO
RADIOFÔNICO PENSE NISSO- DE SEGUNDA Á SEXTA PELAS 17 HORAS PELA RADIO BOA NOVA DE ITAPORANGA- CLIQUE NA IMAGEM

Shangri-La

27459833_162664131184972_4726713162275198235_n
Shangri-La
   ( Cláudia  Bandeira ) 
Desde sempre o homem idealizou a perfeição, perseguiu-a nas letras, na pintura, música, escultura, poesia, cinema e tal.  A Bíblia diz que Deus criou o homem à sua imagem e semelhança, então o primeiro homem deveria permanecer perfeito, no entanto se envolveu com muitas “invenções” e por isso se tornou incompleto.
Platão, há 25 séculos, já imaginava um mundo de formas perfeitas, dissemelhante desse que percebemos. Seria o mundo das ideias, diferente do mundo que entendemos com os nossos sentidos. O budismo tibetano também idealizou seu mundo perfeito num reino chamado Shambhala, cidade lendária perdida em algum lugar na cordilheira do Himalaia, e que em sânscrito quer dizer “lugar perfeito onde todos os habitantes são iluminados”.
Sem ir muito longe, temos aqui mesmo no Brasil, na cultura indígena, um ritual onde os “espíritos Aruanãs” saem da casa dos homens e vão para o fundo do rio, um lugar onde não existe morte nem dor ,ou seja, mais buscas pela felicidade completa num mundo que seria perfeito e que sempre foi imaginado pelo homem, o mesmo homem que também buscou o Santo Graal e o elixir da longa vida.
SangrilarMas… e esse mundo perfeito existe mesmo ou é apenas ilusão? Existiria um lugar assim, onde todos seriam belos e saudáveis? Se existe, não sei, mas a temática fez muito sucesso no meio artístico, principalmente no mundo da música. Quem não se lembra daquela canção maravilhosa do rei Roberto Carlos “Além do Horizonte”? E aquela outra que é um convite para a paradisíaca Shan-gri lá?
Onde poderíamos encontrar a perfeição com os sentidos limitados que temos? Com a visão física que se finda com a idade? Com o vigor que se esvai e as sensações que decaem com o passar dos anos? Lutamos com as nossas próprias imperfeições porque não entendemos que o que mais importa é a totalidade e não a unidade, não entenderam também os sonhadores, que a perfeição no mundo físico não pode ser vista com os nossos olhos imperfeitos, que só uma permanente serenidade interior, harmonia e equilíbrio interno nos dariam uma pálida noção do que seria a tão buscada perfeição.
Mas um mundo de formas perfeitas e felizes ainda rodeia a criatividade do homem e ele não economiza quando se expressa na arte “de ser feliz”, seja imaginando o paraíso, seja realizando feitos incríveis e equívocos terríveis. Enquanto não nos descobrirmos e não expandirmos nossa consciência, continuaremos procurando no mundo externo o que está guardado no nosso mundo interior. Continuaremos como eternos passageiros da “Ponte aérea pra Shangri-la”, linda canção dos anos oitenta que embalou tantos sonhos, mas não nos disse que, para sermos realmente completos e felizes, deveríamos nos perder em algo que fosse infinitamente maior do que nós mesmos.
PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Política Divina

Política Divina
Texto extraído do livro "Vinha de Luz", Chico Xavier (Emmanuel)
"Eu, porém, entre vós, sou como aquele que serve." - Jesus. (LUCAS, 22:27.)
.........................................................................
1. O discípulo sincero do Evangelho não necessita respirar o clima da política administrativa do mundo para cumprir o ministério que lhe é cometido.
2- O Governador da Terra, entre nós, para atender aos objetivos da política do amor, representou, antes de tudo, os interesses de Deus junto do coração humano, sem necessidade de portarias e decretos, respeitáveis embora.
3- Administrou servindo, elevou os demais, humilhando a si mesmo.

4- Não vestiu o traje do sacerdote, nem a toga do magistrado.

5- Amou profundamente os semelhantes e, nessa tarefa sublime, testemunhou a sua grandeza celestial.

6-  Que seria das organizações cristãs, se o apostolado que lhes diz respeito estivesse subordinado a reis e ministros, câmaras e parlamentos transitórios?

7- Se desejas penetrar, efetivamente, o templo da verdade e da fé viva, da paz e do amor, com Jesus, não olvides as plataformas do Evangelho Redentor.

8- Ama a Deus sobre todas as coisas, com todo o teu coração e entendimento.

9- Ama o próximo como a ti mesmo.

10- Cessa o egoísmo da animalidade primitiva.

11- Faze o bem aos que te fazem mal.

12- Abençoa os que te perseguem e caluniam.

13- Ora pela paz dos que te ferem.

14- Bendize os que te contrariam o coração inclinado ao passado inferior.

15- Reparte as alegrias de teu espírito e os dons de tua vida com os menos afortunados e mais pobres do caminho.

16- Dissipa as trevas, fazendo brilhar a tua luz.

17- Revela o amor que acalma as tempestades do ódio.

18- Mantém viva a chama da esperança, onde sopra o frio do desalento.

19- Levanta os caídos.

20- Sê a muleta benfeitora dos que se arrastam sob aleijões morais.

21- Combate a ignorância, acendendo lâmpadas de auxílio fraterno, sem golpes de crítica e sem gritos de condenação.

22- Ama, compreende e perdoa sempre.

23- Dependerás, acaso, de decretos humanos para meter mãos à obra?

24- Lembra-te, meu amigo, de que os administradores do mundo são, na maioria das vezes, veneráveis prepostos da Sabedoria Imortal, amparando os potenciais econômicos, passageiros e perecíveis do mundo;


25  todavia, não te esqueças das recomendações traçadas no Código da Vida Eterna, na execução das quais devemos edificar o Reino Divino, dentro de nós mesmos.

Pense Espírito Emmanuel

TEU FILHO CONTIGO

O lar é a oficina
Os pais são artifices
A criança é a obra .

O lar é o gabinete de lapidação
Os pais  são buriladores.
A criança é o brilhante  potencial.

O lar é a Terra 
Os pais são cultivadores
A criança é o fruto .

O lar  é a escola
Os pais são os instrutores ,
A criança é o livro em Branco .


                                               Médium : Chico Xavier 


Cebs-Espírita Fará 28 Anos, Quase Três Décadas de Amor e Vida

PENSE 28 ANOS
..........................................................
Cebs-Espírita Fará 28 Anos, Quase Três Décadas de Amor e Vida
(Reynollds Augusto)

Sabe leitor hoje foi o dia do recomeço para a garotada. Recomeço da evangelização, infato-juvenil, todos voltando á estrada que leva-nos ao aperfeiçoamento.
E pensar que o CESB-ESPÍRITA, da cidade de Boa Ventura, começou com um grupo de estudos, organizado por Ernani Diniz, nos anos noventa, o nosso benfeitor, pois foi ele que edificou a sua sede lá no Conjunto Arsênio Alves, em tempos de “vacas magras”, depois de muitos embates com o preconceito que ainda é ponto culminante em alguns seguimentos que se dizem cristãos.

Como também com o saudoso bancário MARCOS ERNESTO, hoje já desencarnado, soube, mas que nos promoveu excelentes encontros de estudos com uma juventude bonita, inteligente, feliz, que ainda hoje está levando bandeira do Cristo à culminância, por que é da lei.
Aqui destaco os meus irmãos Neidinha, Neto Batista, como também a mulher do sorriso mais lindo dessa Paraíba, Sandra Diniz, todos espíritas, ainda bem. É que o terreno era fértil.
Outros seguiram por distintos caminhos e tudo certo, a vida é aprendizado e ninguém foge á lei do progresso. Eita! Rimou.
Por aqueles tempos não existia a maravilha da internet por essas bandas. Foi memorável aquele filme, exibido no Clube de Boa Ventura, que não existe mais, com o salão repleto de jovens. Nunca esqueço. Tratava-se de “FERNÃO CAPELO GAIVOTA”, retratando uma vida de buscas, preconceitos, foco, superação, persistência, propósito. O leitor precisa assisti-lo. Muitos ensinamentos em torno de uma comunidade de gaivotas. Esse autor estava inspirado.
De volta, também, os nossos trabalhadores. Todos compromissados com a causa do bem, do amor e da verdade. A nossa querida Tia Mariana ainda está em estado de gestação, fazendo de tudo para gestar o seu “bruguelo”, que, no seu caso, é um desafio, mas o amor sempre vencerá.
Vibremos para que o nosso sobrinho nasça bem e com saúde. Ela que é uma das nossas essenciais evangelizadoras, com uma sensibilidade em torno da proposta do Cristo imensurável. Egressa do movimento evangélico, mas que despertou para a proposta espírita, ao adquirir livros, quando a minha esposa, Williana, saia por aí a vendê-los.
Vendia a esperança e a alegria de viver. O seu Marido, o grande Marcos é nosso vice-presidente e trabalhador de mão-cheia. Estamos sentindo as suas faltas, mas depois dessa parada, esperamos ansiosos os retornos dos dois, irmãos do coração.
Hoje o professor Manoel Ferreira, especialista em ciências da linguagem, pela UFPB, estava inspirado e tratou da estrada, da nossa estrada que, que somente é de cada qual onde outras pessoas podem até nos acompanhar, mas não pode andar por nós mesmos. Foi um excelente bate-papo com ma juventude bonita, cheia de sonhos e de buscas.
No prédio MARIA DE NAZARÉ, a evangelização acontecia em clima de festa, de benção, de agradecimento a Deus pela chuva generosa que cai na região. As nossas árvores estão felizes, o nosso povo com o sorriso largo. É o espetáculo da vida que alimenta nossas esperanças.
Para nós, sertanejos, a chuva é tudo e o resto vem por acréscimo. Aproveitemos cada segundo, pois ela é cíclica, fazendo parte do nosso clima. Dá gosto de andar por aí, parece que estamos em outro planeta, no planeta felicidade.
Faço minhas as palavras do Espírito Viana de Carvalho, um seguidor de Jesus:
(...)educar uma criança e um jovem à luz do Espiritismo é semear luz pelos caminhos do futuro…
Avante, o Cristo espera por nós...
PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Estudo do Espiritismo desse sábado dia 17



Sabe, leitor, por esses dias está sendo prazeroso viajar à cidade de Boa Ventura, ao Cesb-Espírita. O caminho está uma maravilha. A natureza encontra-se feliz, cantando as glórias de Deus.
 Sempre aos  sábados nós nos encontramos  na nossa casa de estudos, oração e trabalhos,pelas 17 horas,  para estudar a vida, que deve ser seguida com comprometimento, meta, para que possamos nos estabilizar, no planeta  e ,essencialmente,  desenvolver a nossa espiritualidade.

O verde chegou com força e paisagem está mudando do "inferno" de mais de cinco anos  de seca braba para o céu do inverno,  que alimenta a vida, a esperança, o estímulo do sertanejo, que , como disse o poeta, "é antes de tudo um forte."
E é preciso ser forte para viver em um sertão de tantos desafios, menosprezado pelos nossos governantes.

O CESB-ESPÍRITA está feliz, verde, com uma visão que faz bem aos olhos e ao coração. Deus está pintando o meu sertão poético de verde e ainda , de quebra, trouxe-nos  as suas flores para enfeitá-lo  e o perfume para nos causar sensações. 

O tema base desse sábado foi do escritor MELCIADES JOSÉ DE BRITO, sob o título AMPARO O ALTO, acompanhado de O LIVRO DOS ESPÍRITOS, a espinha dorsal do  Espiritismo,   que é Jesus de volta.

Aprendemos que nós é que somos culpados dos nossos fracassos pela acomodação, negligência e , quase sempre, por vivermos  sem prestar a  atenção,  deixando as oportunidades  passar, se esquivando, não se comprometendo e isso nos traz infortúnios que não queríamos, mas inevitáveis,  pois a LEI DE CAUSA E EFEITO funciona em nossas vidas  e colheremos o  sempre que plantamos e o pior , ficaremos "á deriva" por não plantar, pois a omissão, em muitos casos, é pior que a ação. 


Hoje,  domingo, nós estamos voltando do recesso e a garotada está ansiosa. Antes ,aproveitamos os dias de Carnaval para dar  uma pintada na nossa casa e ficou "novinha em folha ". O ambiente está propício para o recomeço. 



Aliás, o nosso segundo tema desse sábado foi o recomeço. A volta do espirito ao mudo material. Aprendemos como isso se dá e como é voltar ao plano material para dar seguimento aos experimentos da vida que não cessa. Ponto para o professor Manoel Ferreira. Esse "cabra" sabe das coisas. 



Bom , passei aqui só para dar esse recadinho. Vou preparar-me para ir a Boa Ventura, em mais uma missão de Jesus e Kardec,o seu ultimo missionário maior. 

"INTÉ"MAIS




PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO


Amparo do Alto


AMPARO DO ALTO 
 ( Melciades José de Brito)



Atendendo a pedido de seus apóstolos, Jesus, certa noite ,visitou um homem  que se achava em situação de sofrimento 

Era um irmão com idade de 32 anos, que  morava em humilde  choupana, onde se  percebia  a carência do necessário  á sua sobrevivência.Doente e sem ninguém para ajudá-lo .o homem sentiu um grande  alivio quando Jesus  penetrou  o recinto onde se encontrava e o saudou com votos de paz.

O Mestre  , comovido  com  a situação  de penúria  daquela casa e diante das rogativas  de seus apóstolos ,perguntou-lhe: O QUE QUERES QUE TE FAÇA?

SENHOR TENHO SEDE - disse o homem. O Mestre colhendo uma lágrima  que descia dos olhos  do doente, trans formou-a em um refrescante  corpo dágua. O homem avidamente bebeu.

SENHOR, PERDI MINHA SAÚDE ! O Mestre  , soprado-lhe  o rosto, devolveu-lhe  a saúde , e ele imediatamente  sentiu-se  revigorado  e disposto.

SENHOR , ESTOU NU! O Mestre, de posse  de uma flor  colhida em lugar próximo ,ordenou que a mesma  se transformasse numa vestimenta, que ofertou ao homem.

Superados  todos os sofrimentos  que afligiam aquele  homem, Jesus  e seus apóstolos  abençoaram aquela casa  e se dispuseram  a sair quando o homem  fez um pedido:

- Senhor, permite que vá ao quintal e te traga  novas pedras ,para que as transforme em pães,pois nada tenho para o meu sustento.E assim foi feito, de modo que , ao sair dali, Jesus  deixou um enorme  cesto repleto de pães. O ex-sofredor  teve uma noite de sono reconfortante e feliz.

Amanheceu o dia e ele, muitos disposto ,buscou o cesto de pão e se alimentou como quis.  Foi atá á porta ,olhou adiante, viu os seus vizinhos  saindo para o trabalho  e pensou :para que trabalhar , se tenho sustento para vários dias!

Deitou-se preguiçosamente na rede e dormiu. Dormiu o dia todo , comodamente realizado. Acordou já alta hora da noite, sentindo fome.

Ao tentar se levantar, sentiu dores profundas, Aturdido  constatou o inesperado: A DOENÇA VOLTARA. Quis  sair e deparou-se  com nova surpresa: ESTAVA NU, a vestimenta desaparecera. Com esforço pegou um pão do cesto e mordeu-o para matar a fome. Uma grande dor maltratou-lhes os dentes.Ao invés de pão, havida mordido uma  pedra.Olhou , viu o cesto repleto de pães.Retirou outro, mordeu e a cena se repetiu.Provou todos os pães de todos eram novamente pedras.

Ele ficou revoltado. Fora enganado , pensou. Entregue ao desespero, lamentou, reclamou, praguejou muito , até que apareceu um Ano do Senhor e lhe falou, dizendo:

- Escuta aqui: Ontem, o Senhor  satisfez todas as tuas necessidades.Em troca , que fizestes? Ao passar  aqui hoje á tarde e te ver preguiçosamente espojado, sem buscar o trabalho que enobrece e justifica, o Mestre  decidiu  que voltarias  á condição que mereces.

MORAL

1- A culpa dos nossos fracassos  está em nós  mesmos. Olhando  o passado , quantas situações  desagradáveis  teríamos  evitado se tivéssemos agido prontamente.

2- A Negligência , a acomodação, o deixar passar, muitas vezes  trazem o infortúnio  que não queríamos .

3- Se sofrestes algum revés, examina  teus passos.O bem  temporariamente  suprimido  é recurso do Alto  para melhor  nos preparar  para conquistas maiores.

4- O milagre  da transformação  de pedras em pães acontece no nosso dia-a-dia .É a natureza  produzindo para nos nutrir.

5- Escolher  entre fazer ou esperar,prosseguir ou desistir, avançar ou recuar é opção livre de cada um.

"Agora,uma coisa é verdadeira  e foi muito bem enaltecida por Jesus: " a cada um segundo as suas obras - Mateus 16-27

                             

 Fonte: Livro, Histórias que Ninguem contou, Conselhos que Ninguem Deu








O Papel do Professor


  • Pense a Gênese!
    .................................................
    "...4. Qual o papel do professor diante dos seus discípulos, senão o de um revelador?
    O professor lhes ensina o que eles não sabem, o que não teriam tempo, nem possibilidade de descobrir por si mesmos, porque a Ciência é obra coletiva dos séculos e de uma multidão de homens que trazem, cada qual, o seu contingente de
    observações aproveitáveis àqueles que vêm depois. O ensino é, portanto, na realidade, a revelação de certas verdades científicas ou morais, físicas ou metafísicas, feitas por homens que as conhecem a outros que as ignoram e que, se assim não fora, as teriam ignorado sempre...

    O Último Dia de Carnaval. Já Estamos Com Saudades

    O Último Dia de Carnaval. Já Estamos  Com  Saudades
    ( Reynollds Augusto)


    Sabe leitor os dias de carnaval são  uma oportunidade eficaz para se espiritualizar, descansar, ser feliz. É que nessa época além de muitas festas, bebidas ao extremo,  há também momentos de refazimento,  com os demais retiros próprios ás  pessoas que sabem que a “folia” deve ser outra.

    Nada contra o Carnaval, mas esse feriadão é uma excelente oportunidade de   descansar  de verdade, repondo as energias para dar seguimento aos desafios do ano.  Há quem diga que o ano só começa depois do carnaval que insiste em persistir, pois há o  “pré e o “pós”. Mas, oficialmente,  ele termina hoje e amanhã, só cinzas,  para uns, mas para outros muita vivacidade para seguir. É questão de escolha. Suas escolhas dirão quem você é.

    O nosso bloco entrou na avenida da esperança e como não pudemos estar no MIEP esse ano, nós fomos ao Cesb-Espírita, de Boa Ventura,  trabalhar. E pitamos, renovamos a casa para o ano que “começa dia 17 de fevereiro”,  com muito trabalho e amor para dar. E tudo isso ao som de Sandra Borba, Alberto Almeida, Andrei Moreira, Carlos Roberto,Carlos Vilagarra, Cosme Massi. Decio Landoli, Denise Lino, Oscar de Lira,  o nosso, conhecido, Fred Menezes, o agora  “pop-Star”   Rossandro Klinjei, Peixinho. Foi uma mistura de “frevos”, do  Congresso Espírita e do Miep-2018. Muitos ritmos. Sem falar   no nosso poeta, conterrâneo “cabra da peste” MERLANIO MAIA, que nos ensinou a fazer o bem.  .  
    Muita gente grande   desfilou na avenida da consciência.   São excelentes   “Puxadores”. Nos intervalos muita musica e comida boa, a fora o excelente bate papo em torno de  temas espíritas. Foi tão bom que o tempo passou ligeiro, leitor.

    Hoje, terça,  nós “demos” uma carona ao poeta  campesino “ZÉ DO GALO”, homem da roça,  que apesar de não ter cultura, tem  uma enorme sabedoria e  faz uns versos, de improviso,  que é uma belezura.  Batemos muito papo e ouvimos abundantemente poemas, de  momento. Fornecíamos um título e ele rimava como um piloto automático.  Pena que não estava com o meu gravador de MP3.

     Perguntou-me de quem eu era filho e disse-lhe que era neto de ANTONIO AUGUSTO DE CARVALHO e ele fez “uma rimas “ com a história de minha família que quase chorei. Foi uma viagem feliz.

    “Zé do galo” tem um problema com álcool e me disse, com a sua humildade, que vai entrar “na lei dos crentes”. O estimulei, Jesus é um sol que ilumina a todos. Várias escolas, o mesmo fim.

    Conseguimos chegar no “final da avenida pela manhã “ e pintamos todas as portas e portões do  Cesb-Espírita  de Boa Ventura. O  nosso grupo foi vitorioso. O resto da pintura precisa de mais técnica e será realizada na próxima quinta, mas com menos gravidade e  conseguimos economizar quase 60 por cento do investimento. Muita coisa.

    O verdadeiro espírita precisa ser polivalente: Eletricista, varredor, pintor, professor, encanador,  pedagogo, psicólogo, mãe, pai, irmão, amigo...  Só precisamos  de boa vontade e consciência. Os trabalhadores ainda continuam poucos, no dizer de Jesus, mas mesmo assim, o trabalho rende com o pouco que temos. É um por cem, talvez por mil.

    Sexta-feira  quero convidar a ultima escola para desfilar. Será o bloco das mulheres. Convidar a presidenta da Escola das Mulheres, Dona Ângela, para limpar a “avenida, que ficou suja, com os desfiles. Até o final do ano, vêm os desfiles das crianças e adolescente, cujo tema é educação moral, com base nas letras do “puxador” Jesus, o Cristo, que conclama o povo á consciência e a verdade.

    Que venha carnaval de 2019.

    PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO



    A Escola da Pintura

                                                   Na Segunda de Carnaval
                                                    Na Terça  Tem Mais

    Segunda de Carnaval!

    Arregaçando as Mangas
    (Reynollds Augusto)


    Sabe leitor  nós estamos aqui de passagem e pense “num negócio”  que passa  ligeiro. É que o tempo é ilusão e nem existe, como nós o concebemos. Daqui a pouco seremos todos “história”, mas seguiremos sempre, pois somos imortais e esse é o “pulo do gato”.

    O  “danado” é que tem gente que existe e não sabe viver. Tem diferença, leitor, tem  diferença.

    Nesse tempo que existe sem existir é preciso eleger o essencial. Fixamo-nos   em  muitas bobagens que não acrescenta   e seguimos desnorteados.  
    A senhora distinta morte vem nos visitar e ela não erra de porta. Por vezes ela chega pela ordem  natural, é o dia de partir. A temporada por essas bandas é curta. De outras vezes nós a procuramos  e a imprevidência impulsiona essa volta antecipada, foi o que aconteceu com o nosso irmão Cícero, que fora brincar o São João lá pelas bandas de Nova Olinda e não voltou, pelo menos para Boa Ventura. Fora brutalmente impactado por um caminhão, que se chocou  com a moto que o conduzia e não teve jeito, precisou deixar o corpo. No início sofrera pacas, mas já está amparado. Tivemos notícias, por isso é bom andar  “esperto”, pois o dia ninguém sabe.

    Quando reuníamos a turma para pintar o Cesb-Espírita ele sempre foi voluntário e orientávamos a deixar a mão solta, descendo e subindo,  na leveza própria. Relutava,  não queria, pelo preconceito, mas cumpria bem o seu papel. A pintura sempre ficava no grau.
    Estamos, novamente, pintando o Cesb-Espírita e o fazemos com a nossa  própria mão de obra, pois a “grana” ta curta. Hoje eu convoquei as “escolas de samba” para desfilarem na avenida do trabalho com o Cristo, mas só apareceram três. Mas, mesmo assim foi um espetáculo e o “desfile” atingiu seu objetivo. Pintamos “prá caramba.”

    A nossa casa de amor, estudo e trabalho, precisa ficar apresentável para o dia 18, ou melhor,  dia 17 para o início dos seus trabalhos. Começamos 8 horas, paramos de 11, retornamos de 14 e fomos até  17 horas e amanha,  terça-feira de carnaval, novamente vamos para avenida. Quem sabe mais  “ escolas” se apresentam e possamos dar um impulso maior  para  abrilhantar essa avenida, que nos leva á verdade.


    PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

    Carnaval

    PENSE ESPÍRITO CORNÉLIO PIRES
    .......................................................................

    Carnaval – pelo espírito de Cornélio Pires

    É um grande acontecimento
    No caminho emocional
    De toda gente que espera
    Os dias do Carnaval.
    Antes, porém, do sinal
    Para o esperado começo
    Falarei sobre alguns casos
    Dos muitos que já conheço.
    Você recorda o Titoni
    No violão do Moraes?
    O violão voltou, há um ano,
    Mas Titoni nunca mais.
    Nosso Ivo carpinteiro
    Querendo mesa perfeita,
    Caiu do segundo andar
    Quebrando a perna direita.
    Juntaram-se algumas jovens
    Dançando ao seu lado,
    Uma delas desmaiou,
    Eis Alceu desencarnado.
    Na festa do Carnaval,
    Amigos de projeção,
    Rogam a Bênção de Deus,
    Pensando em elevação.
    Muitas viúvas a enxergam
    Esperando alguns vinténs
    Que lhes dão ao lar vazio
    A paz por melhor dos bens.
    Deitou Jim, querendo ver-nos,
    Subiu ao grande salão,
    Viu alguém furtar-lhe o carro
    Mas não fez reclamação.
    O doutor reconheceu
    Que a hora lhe pertencia
    Para ensaiar o perdão
    Na caridade por guia.
    Maricota fez oferta
    Em apoio ao Carnaval,
    Levando leite fervente
    Resvalou no espinheiral.
    Um caso desagradável
    Foi da tia Belinha,
    Deu pó facial à irmã
    Com piolhos de galinha.
    Todo vestido de andrajos
    Vi nosso médium Gil Flores,
    Voltou para a própria casa
    Com mais quatro obsessores.
    Não sei se você recorda
    O nosso amigo Adão Taco;
    Ficou em festa seis meses,
    Voltou com voz de macaco.
    Qual você pode pensar
    Na lógica que não erra,
    Carnaval é semelhante
    À nossa vida na Terra.

    Psicografia: Francisco C. Xavier – Espíritos Diversos. Livro: “AÇÃO, VIDA E LUZ”

    Espírito Cornélio Pires



    1. Reencarnação – benefício
      Que a outro não se compara,
      É o modo que Deus nos deu
      Da gente mudar de cara. - Cornélio Pires

      CurtirMostrar mais reações
      Comentar
      Comentários
      Quem lhe fala, meu amigo,
      Dos tristes defeitos meus,
      Se vem conversar comigo
      Chega falando dos seus. ( Cornélio Pires)

      CurtirMostrar mais reações
      Comentar
      Comentários
      Grande inscrição de lembrança
      Na campa do João de Souza:
      - Afinal, aqui descansa
      Quem nunca fez outra cousa. (Cornélio Pires)

      CurtirMostrar mais reações
      Comentar
      Comentários
      Silêncio é ouro – legenda
      Que vale por alto escudo,
      No entanto, onde o mal domina
      Silêncio piora tudo- Cornélio PIRES

      CurtirMostrar mais reações
      Comentar
      Comentários
      Muito herói parece quadro
      Composto de traço incerto
      Que só pode ser louvado
      Se não é visto de perto - Cornélio PIres

      CurtirMostrar mais reações
      Comentar
      Comentários
      Não largues ao bem-querer
      A construção do futuro.
      No relógio da paixão
      Não há ponteiro seguro. - Cornélio Pires

      CurtirMostrar mais reações
      Comentar
      Comentários
      Na cova de jasmineiro
      Do avarento Calatrava:
      - Morreu como carcereiro
      Da fortuna que guardava. - Cornélio Pires

      CurtirMostrar mais reações
      Comentar
      Comentários
      Quem mata o tempo na vida,
      Por muito que se conforte,
      Acaba enterrado em vida
      Muito tempo antes da morte. (Cornélio Pires)

      CurtirMostrar mais reações
      Comentar
      Comentários