PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
Rua Pedro Caboclo Alvarenga- Conjunto Arsênio Alves- Boa Ventura- Paraiba- Brasil

"Criança Evangelizada Hoje, Homem de Bem Amanhã"

PROGRAMA PENSE NISSO

PROGRAMA PENSE NISSO
PROGRAMA PENSE NISSO . De segunda á sexta, 17 horas . Na Rádio Boa Nova de Itaporanga- CLIQUE NA IMAGEM E OUÇA A RÁDIO

JUÍZO FINAL




PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
................................................................................
JUÍZO FINAL
(Godoy Paiva)


Sentando , o Padre Eterno, em trono refulgente,
Olhar severo envia a toda aquela gente!


Enquanto uns anjos cantam, outros vão levando,
Ante a figura austera desse venerando,
As almas que dá tumba emigram assustadas


Em vendo o tribunal solene, majestoso,
Em que vão ser julgadas

Dois grupos são formados:

Um de cada lado!


Os da direita, Céu; os da esquerda , inferno.
E Satanás impaciente a um canto, o chifre fumegante,
Espera impaciente, impávido, arrogante,
A “turma” para o inferno.


Aconchegando o filho, a alma bem amada,
E que na terra fora algo desassisada,
Uma mulher se chega a sua prece e faz,
Rogando ao Padre Eterno poupe do Inferno
O Pobre rapaz.


Cofia o Padre Eterno a longa Barba branca,
E o óculo ajustando à ponta do nariz,
O olhar dirige então, à pobre desgraçada,
E compassivo diz:


“OS ANJOS VÃO LEVAR- TE AO PARAÍSO
E DAR –TE A RECOMPENSA : O TEU DESCANSO ETERNO.
ALI DESFRUTARÁS FELICIDADES MIL
PORÉM TEU FILHO ,MAU IRÁ PARA O INFERNO!


Um anjo toma o moço e o leva a Santanás!
Porem a pobre mãe ao ver partir seu filho.
Aflita corre atrás!

E ao incorporar-se às hostes infernais,
Eis grita o Padre eterno em tom assustador:


“MULHER! PARA ONDE VAIS?”!!!


E o que passou-se então
Ninguém esquece mais!


“EU VOU PARA O INFERNO, AO LADO DO MEU FILHO,
A REPARTIR COMIGO A SUA DESVENTURA!
AS LÁGRIMAS DE MÃE, AS GOTAS DO MEU PRANTO,
ACALMARÃO NO AVERNO A SUA QUEIMADURA!

EU DEIXO PARA TI ESSE TEU PARAÍSO,
ESSA MANSÃO CELESTE ONDE O AMOR É SURDO!
ONDE SE GOZA A VIDA A CONTEMPLAR TORMENTO,
ONDE A PALAVRA AMOR REPRESA UM ABSURDO!

ENTREGA ESSE TEU CÉU ÀS MÃES MALVADAS, VÍS,
QUE OS FILHOS JÁ MATARAM PARA OS NÃO CRIAR,
POIS SÓ ESSAS MEGERAS PODERÃO , NO CÉU,
OUVIR GRITAR SEUS FILHOS , SEM SE CONSTERNAR!

DESPREZO ESSE TEU CÉU! O MEU AMOR É GRANDE!
IMENSO! ASSAZ SUBLIME! E POSSO TE AFIRMAR
QUE SE NÃO TE COMOVE O PRANTO LÁ DO INFERNO,
E OS QUE NO AVERNO ESTÃO SÃO TODOS FILHOS TEUS,

O MEU AMOR EXCEDE
AO PRÓPRIO AMOR DE DEUS!


E ante o estupefato olhar do Padre Eterno,

A mãe beijou o filho... e foi para o inferno...

Nenhum comentário: