PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

"CENTRO ESPÍRITA SEAREIROS DO BEM - HÁ 25 ANOS EVANGELIZANDO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE"

PROGRAMA PENSE NISSO

PROGRAMA PENSE NISSO
PROGRAMA PENSE NISSO . De segunda á sexta, 17 horas . Na Rádio Boa Nova de Itaporanga- CLIQUE NA IMAGEM E OUÇA A RÁDIO

REUNIÃO PÚBLICA DE 09.01.10 do Cesb em Boa Ventura

REUNIÃO PÚBLICA DE 09.01.10 do Cesb em Boa Ventura


(Reynollds Augusto)

Muito reflexiva a reunião pública doutrinária do Cesb da cidade de Boa Ventura do sábado dia 09 de janeiro pelas 17:00 hs que debateu o tema MISSÃO DOS ESPÍRITAS ,extraído do Capítulo XX - Os trabalhadores da última hora do Evangelho Segundo o Espiritismo.

A discussão foi em cima dos acontecimentos hodierno que prenunciam a chegada de uma nova era para o planeta :



“ Não escutais já o ruído da tempestade que há de arrebatar o velho mundo e abismar no nada o conjunto das iniqüidades terrenas? Ah! bendizei o Senhor, vós que haveis posto a vossa fé na sua soberana justiça e que, novos apóstolos da crença revelada pelas proféticas vozes superiores, ides pregar o novo dogma da reencarnação e da elevação dos Espíritos, conforme tenham cumprido, bem ou mal, suas missões e suportado suas provas terrestres.”



Nós sabemos que o dogma é um verdade indiscutível.Mas há dogmas religiosos, que quase sempre não são verdadeiros, por serem frutos da irracionalidade religiosa que tem o objetivo de prender os seus adeptos a teses inverídicas .E há dogmas científicos , estes incontestáveis e que não há como discute as suas teses por serem terminantemente verdadeiros. A reencarnação não é um dogma religioso e sim científico,pois atualmente é estudado em laboratório e é objeto de estudo experimentados. Destaca-se o trabalho do Dr. Ian Stevenson, da Universidade de Virgínia, Estados Unidos, que recolheu dados sobre mais de 2.000 casos em todo o mundo que evidenciariam a reencarnação. No Sri Lanka (país onde a crença é muito popular), os resultados foram bem expressivos. Podemos enumerar quatro tipo de evidências da reencarnação: os meninos-prodígio, as crianças que se lembram de vidas anteriores, as comunicações mediúnicas e as terapias médicas e psicológicas que usam regressão de memória. Destas quatro evidências, as últimas três são evidências científicas

Quanto aos meninos-prodígio, poderemos interrogar-nos de onde vêm tantos conhecimentos? Como compreender, por exemplo, que uma criança de sete anos de idade esteja licenciada em física, uma outra de 11 anos licenciada em matemática, outras de dois ou três anos de idade que falem seis línguas diferentes, sem nunca terem aprendido? Não havendo explicação nesta existência física, de duas uma: ou Deus privilegia uns seres em detrimento de outros ou então todos tiveram as mesmas oportunidades, começando simples e ignorantes, e foram palmilhando o seu roteiro evolutivo, uns esforçando-se mais que outros, e daí a dessemelhança evolutiva presente no nosso planeta. Assim sendo, os meninos-prodígio seriam pessoas com grande cabedal de conhecimentos trazido de vidas anteriores e que nesta existência carnal têm a capacidade de ter acesso a essa informação que trazem do passado.

As crianças que se lembram de vidas anteriores têm proporcionado investigações espantosas aos cientistas de todo o mundo. Refira-se, por exemplo, os estudos rigorosamente científicos levados a cabo pelo prof. dr. Ian Stevenson, nos EUA, que estudou mais de 2000 casos de crianças que se lembravam de vidas anteriores (livro "20 Casos Sugestivos de Reencarnação"), o dr. Hemendras Nath Banerjee, na Índia, durante 25 anos, compilou mais de 1.100 casos por todo o mundo (livro «Vida Pretérita e Futura», Ed. Nórdica, Rio de Janeiro, Brasil, 2.ª edição, 1987), o eng.º Hernâni Guimarães Andrade, no Brasil, compilou vários casos de reencarnação (livro "Reencarnação no Brasil", Ed. O Clarim, Brasil, 1986). De realçar que a grande maioria destes investigadores não é espírita. Investigaram casos onde a hipótese da reencarnação de pessoas recentemente falecidas é a única hipótese plausível e com base científica, de entre as restantes hipóteses de explicação.

Através das comunicações mediúnicas, houve espíritos que informaram que iriam reencarnar num determinado local, numa determinada família, e às vezes dando sinais ou características que a posteriori eram reconhecidos. Houve casos desses catalogados aquando das experiências de Allan Kardec (ver colecção da "Revista Espírita", de Allan Kardec), bem como com o médium Francisco Cândido Xavier, em que pelo menos um dos casos está estudado pelo Instituto Brasileiro de Pesquisas Psicobiofísicas, do Brasil, pelo eng.º Hernâni Guimarães Andrade e sua equipa.

As terapias médicas que usam regressão de memória, com fins terapêuticos, têm sido a mais recente evidência científica da reencarnação. Veja-se as pesquisas da ar.ª Edith Fiore, nos EUA (livro "Já Vivemos Antes", Ed. Europa-América, Portugal, 1978), do dr. Brian Weiss, nos EUA (livro «Muitas Vidas, Muitos Mestres»), da dr.ª Maria Júlia Prieto Peres (psiquiatra), no Brasil, do dr. Morris Netherton, nos EUA, da dr.ª Helen Wambach (livro «Recordando Vidas Passadas», Ed. Pensamento, São Paulo, Brasil, 1995), onde pessoas em estado de hipnose profunda, ou então em estados alterados de consciência, regridem a situações, a espaços temporais que identificam como sendo de outras existências carnais, bem como nos planos entre vidas (no mundo espiritual), dando muitas vezes pormenores exactos, que depois de pesquisados são confirmados pelos cientistas, como, por exemplo, locais, nomes, datas, entre outros, tudo isto relativamente a épocas muito remotas (veja-se as experiências da dr.ª Edith Fiore no seu livro acima referido).

Quando a reencarnação (que é defendida por cerca de 2/3 da população mundial, de acordo com estatísticas) for bem assimilada, a xenofobia deixará de existir, já que saberemos que poderemos reencarnar naquele país ou povo que agora rejeitamos ou odiamos. O racismo deixará de ter suporte, pois entenderemos que os espíritos não têm cor e que poderemos reencarnar na raça que agora repudiamos. A superioridade sexual deixará de existir, pois saberemos que tanto poderemos reencarnar como homem ou mulher, de acordo com as nossas necessidades evolutivas. A própria ecologia será privilegiada, pois o homem sabe que amanhã, quando voltar a este planeta, encontrá-lo-á como o deixou, recebendo assim o fruto dos desmandos de agora ou então da sua preservação.

A compreensão da reencarnação será a pedra-de-toque para que a sociedade se torne mais justa, mais fraterna e mais feliz.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA



Fonte:

Evangelho Segundo o Espiritismo – FEB

http://www.espirito.org.br/portal/cursos/cbe-adep/caderno06-evidencias.html

Nenhum comentário: