PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

"CENTRO ESPÍRITA SEAREIROS DO BEM - HÁ 25 ANOS EVANGELIZANDO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE"

PROGRAMA PENSE NISSO

PROGRAMA PENSE NISSO
PROGRAMA PENSE NISSO . De segunda á sexta, 17 horas . Na Rádio Boa Nova de Itaporanga- CLIQUE NA IMAGEM E OUÇA A RÁDIO

AS NOSSAS ESCOLHAS

As Escolhas
( Reynollds Augusto)
Nesse dia 09 de julho deste ano, o Programa Música e Mensagem, que é levado ao ar pela RÁDIO BOA NOVA FM, todas as quartas e sextas pelas 17h00min horas discutiu um tema interessante e que nos interessa a todos. “As Escolhas”.  Só senti a falta do meu companheiro de debate DANYLO JONHNATAN, filho dos meus amigos e irmãos “Maria e Vander”. O garoto faz um sucesso danado por conta de sua lógica de entendimento em torno das grandes questões. É um jovem que está fazendo as boas escolhas.
Já notou que a vida é o resultado das escolhas e quem escolhe bem se dá bem e quem escolhe mal de dá mal. Tudo fruto das leis de Deus, que assevera que a cada um é segundo suas obras e que a semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória. É a jurisdição divina que é implacável em suas sentenças e que ninguém foge dela. Não é gritante, mas é sentida por todos. Não faz alarde de seus julgamentos, mas aplica a lei natural com perfeição e tem como princípio maior que “ninguém sairá daí, enquanto não pagar o último ceitil”. De que lugar? Da Terra; que Ceitil, as ações feitas com o uso errado do livre arbítrio. A fim de que? Para fazer com que você se depure e atinja uma condição tal que não precisará mais reencarnar no nosso planeta Terra que é morada de espíritos comprometidos pelo erro.  É planeta de provas e expiações e ainda o mal, pela ausência eficaz do bem, prepondera...
Mas já notou que sempre escolhemos. Escolhemos a roupa de vestir, a religião a professar, a palavra a dizer, o partido a seguir e o candidato a votar, a vida a levar. Ou seja, as nossas escolhas dirão quem realmente somos. E quanto mais fizermos boas escolhas a vida pela lei de causa e efeito nos ajudará na caminhada, pois Deus não está surdo, nem cochilando e como é o nosso “patrão” sabe para onde conduzir bem os seus “operários” para fazer com que possamos produzir cada vez mais no bem e por conseqüência atinjamos a felicidade, fim de todos nós.
Segundo os espíritos, Deus criou todos os homens iguais e todos nós temos o mesmo objetivo que é evoluir e para isso elaborou leis para ajudar o homem a sair das amarras das ilusões e aprender a escolher bem. Todos nós, sem exceção, estamos sujeitos as mesmas dores e o nosso corpo físico se destrói dia a dia, tanto o do rico como o do pobre e tendo em vista isso, concluímos que Deus não deu superioridade natural nem pelo nascimento e nem pela morte. Alguns, “inocentes”, tentam fazer de tudo para que o corpo físico se preserve para que se tenha uma vida física infinda. Bobagem, pois imortal só o espírito que está usando temporariamente este corpo. Os americanos estavam até congelando corpos para em um futuro que não vai acontecer a ciência possa revitalizá-lo e ele volte a viver. É o cumulo do materialismo. Depois que a energia vital voltar à esfera do Fluido cósmico universal, não tem mais jeito. A matéria inerte que “apagou” não acende mais. Pode congelar corpos e mais corpos. E haja frigorífico e haja energia. Até Jesus, não ressuscitou alguns do evangelho e segundo o próprio eles apenas dormiam. O próprio Jesus não ressuscitou, voltou com o perispírito (corpo espiritual) materializado. Pois se tivessem ressuscitado estaria derrogando as leis naturais e ele mesmo disse que não veio destruir a lei, mas dá-la cumprimento.
As nossas escolhas refletirão o teor dos nossos desejos. Primeiro o desejo e depois as escolhas e o desejar bem é o resultado da maturidade espiritual que é conquista paulatina. Há muito desejos bobos e eivados de ilusões que irá fazer com que escolhamos mal e aí haverá “choro e range dos tentes”. Deseja bem para escolher bem, aí meu amigo, o bem se fará presente em sua vida.
PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA.

Nenhum comentário: