Cesb ,em Setembro Completará ,28 anos!

Cesb ,em Setembro Completará ,28  anos!
Cesb, em Setembro, Completará 28 anos!

Centro Jesus de Nazareth Encerra Atividades do Ano com Jantar Fraterno

Centro Espírita Jesus de Nazaré Encerra as suas atividades anuais com o Natal Fraterno


(Reynollds Augusto)


A minha amiga e irmã de ideal espírita JOEDLA RODRIGUES, em seu livro ESTRATÉGIAS DO AMAR, cita uma expressa do espírito JOANA DE ANGELIS que diz mais ou menos assim: “O amor é o grande bem a conquistar, em cujo empenho todos devem aplicar os mais valiosos recursos e esforços”. E isso é uma das grandes verdades. As pessoas, as religiões, as instituições, se tornam sem sentido quando não usa a energia no amor, palavra tão mal utilizada e até desgastada, para realizarem seus objetivos. Se fôssemos resumir o evangelho de Jesus, em uma só palavra diríamos: AMOR.

O Centro Espírita Jesus de Nazareth, tradicionalmente, encerra as suas atividades do ano com o NATAL FRATERNO, em que a energia do amor se faz presente e junto com a energia do trabalho compondo um casal perfeito, para realizar o bem e satisfazer os espíritos de cada um, trabalhadores e assistidos. Esse é um movimento que foi idealizado por FERNÃO DIAS E MARIA AGUIA DE SÁ, outra dupla que produziu muito amor e há mais ou menos quarenta anos colocou em voga esse belo projeto. Com certeza estão muito felizes por continuarmos o seu trabalho na Casa Espírita, reduto de equilíbrio e sabedoria. Todos os anos, os irmãos e voluntário se entrelaçam para conseguir junto à sociedade de Itaporanga vários presentes para a criançada e pessoalmente dão as suas energias pessoais para fazerem o jantar fraterno. Hummmmm! Gostoso.

Lá estavam todos, que não vou citar o nome de cada um para não cometer injustiças. Mas a turma se une alegre, feliz, para confeccionar mais ou menos 600 jantares fraternos a serem distribuído às pessoas cadastradas e sempre sobra algum para os que não puderam receber as senhas. Os anjos descem à Terra e a felicidade reina entre todos. Nós pensamos que estamos dando, mas na verdade estamos recebendo. O bem que fazemos aos outros primeiro nós faz bem. Essa é a verdadeira felicidade.

Este ano a o jantar não deu para ser feito no Centro Espírita, devido à reforma que a atual administração, na batuta de VICENTE TOBIAS, está realizando. Estamos construindo uma CONZINHA INDUSTRIAL com estrutura para realizar o nosso tradicional JANTAR DE FIM DE ANO, com a sociedade carente e desenvolver as atividades internas, como a sopa fraterna, com mais eficiência. O fato é que o  trabalho não pode parar e precisa continuar com mais eficiência. Ele foi feito em um órgão público liberado por DEDÉ PILAO, outro gigante na causa do bem. Dividimos os trabalhadores em duas frentes e enquanto uma turma fazia o jantar delicioso, outra ficava no Centro organizando a multidão. E nesse aspecto o modelo idealizado por VICENTE TOBIAS, deu certo. Distribuímos tudo sem muita confusão e o povo contribuiu para a festa.

Queremos agradecer consideradamente a nossa POLÍCIA MILITAR que fez a nossa segurança do evento.

Quem estava este ano nos ajudando foi a família de NETO E NEIDINHA que com os seus filhos fizeram a diferença. Sem falar nos irmãos de Vicente que com suas esposas muito contribuíram para nos ajudar. Aqui está o nosso reconhecimento e estamos convocando a todos para que no final do ano que vem retornem para nos ajudar.

Mas o bom mesmo foi no finalzinho de tudo quando o Presidente Vicente reuniu os trabalhadores para agradecer a Deus pela a oportunidade dada, de sairmos de nosso egoísmo, de nossas cômodas casas, para fazer com que o bem se movimentasse. Agradecemos emocionados ao FERNAO E MARIA, que estavam presentes, pela oportunidade que eles criaram para fazer o bem. Todos cansados e extremamente felizes. Muita emoção e até choro com a prece emotiva do irmão ALBERLANDO e no final beijos e abraços de todos pelo bem que juntos realizamos .

MAIS UMA MISSÃO CUPRIDA.

“Adeus ano velho...”

FELIZ NATAL

E no ano que vem, esperamos por você



PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA.





Nenhum comentário: