PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

"CENTRO ESPÍRITA SEAREIROS DO BEM - HÁ 25 ANOS EVANGELIZANDO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE"

PROGRAMA PENSE NISSO

PROGRAMA PENSE NISSO
PROGRAMA PENSE NISSO . De segunda á sexta, 17 horas . Na Rádio Boa Nova de Itaporanga- CLIQUE NA IMAGEM E OUÇA A RÁDIO

Manoel Ferreira , Evangelizador do Cesb, é licenciado em Letras pela UFPB

Quem diria! É Formada a Primeira Turma de Licenciados em Letras pela UFPB Virtual, de Itaporanga
(Reynollds Augusto)

Itaporanga sempre sonhou em possuir uma Universidade Pública e, agora, com a ajuda da tecnologia, já tem. O curso virtual/presencial já chegou antes à nossa terra abençoada e nesse dia 26 de dezembro foi formada a primeira turma, com cerca de vinte e dois formandos e entre eles estava o meu amigo, irmão de ideal espírita, Manoel Ferreira.
O curso começou com mais de quarentas alunos, mas quando alguns entenderam que não era moleza, desistiram. Não tiveram forças para continuar.
O curso virtual/presencial é completo, pois exige do aluno muita leitura e reflexão sobre o aprendizado. Essa é a melhor forma de aprendizado e é o futuro que chegou, mais cedo, sendo antecipado. Diminui distâncias, evita separações e qualifica, com mérito. o aluno. Quem pensa diferente é bom não se aventurar.
                 Mas, foi uma noite de festa acadêmica, em um ambiente preparado para tal. Muita organização e um ritual próprio para o acontecimento, com muita alegria no ar  e os sonhos no coração. Aquele bom orgulho que denota o fim de uma etapa conquistada, com muitas possibilidades. Eu dei aquela viajada no tempo e me lembrei de colegas-irmãos, na época que me licenciei em História, pela Fip: Ricardo, Betânia, Herbene, Sônia, Hélia, Adail ,França... e tantos outros, que fizeram parte de minha história e que, provavelmente, não mais os verei nessa encarnação. Todos nós de Itaporanga, santa Luzia, Piancó, Coremas e etc. éramos conduzidos pelos "busões" da vida e protegidos pelo Deus das possibilidades.
                  Lembrei-me dos colegas da graduação em Direito, da cidade de Sousa, e principalmente do meu amigo poeta, Israel, da cidade de São José de Piranhas. Esse, o acadêmico, é, com certeza, um dos melhores momentos da vida do espírito em evolução. A emoção tomou conta de mim, a saudade acionou o passado feliz, que nunca passa.
           O Meu amigo Manoel era só alegria e nesse momento da vida, estar licenciado, em uma universidade de qualidade, UFPB, tendo como madrinha a linda filha do coração, foi um momento que ficará gravado para todo o sempre na consciência profunda do espírito imortal que somos todos. Sim, pois as nossas aquisições intelectuais e morais sustentam a vida infinda e carregamos conosco essas reais conquistas. Tem gente que pensa que é o tal porque têm valores materiais, que ficam, e se esquecem de adquirir os valores da alma que são aquisições que serão nossos advogados na hora de voltar para o mundo espiritual, que chega como um passe de mágica, pois, segundo Einstein, o tempo é uma grande ilusão e estamos na contagem regressiva.
         Senti a falta dos muitos prefeitos da região, que foram convidados e dos vereadores. Ainda bem que o de Itaporanga, Dr Djaci, se fez presente e os representou.Acho que os nossos administradores não despertaram, ainda, para a  importância do curso do futuro, que já chegou e alguns formando me confidenciaram que a estrutura do pólo só não é melhor , por falta dessa visão política administrativa. Mas é normal e tudo que é novo causa receios.
Quem falou bonito, enfatizando os receios, as noites de sonos perdidas, a diminuição de contato com os amigos e com os familiares, foi a oradora ANA MARIA. Um discurso emocionado, que emocionou a todos e que falou com detalhes daquela luta de quatro anos e que naquele momento se finda, com a etapa vencida. Vi o brilho nos olhos de cada um, e dos familiares, na hora da colação de grau. Coisa bonita de se ver e imagens belas de serem guardadas.
Por final foi a fala do Doutor em Lingüística, Jan Edson Rodrigues, representando o reitor da UFPB, que fez um discurso emocionado e técnico, enfatizando:
“... Vocês não se formaram apenas em lingüística, em literatura, vocês se formaram, também, em informática. Vocês travaram lutas, batalhas constantes, para dominar aquela plataforma, aquele ambiente virtual de aprendizagem. Vocês carregam isso na bagagem de vocês... aproveitar um curso cujo nível de exigência de preparação é mais alto ou igual àquele da modalidade presencial.... fazer um curso superior em uma universidade pública, gratuita e de qualidade, como costumam ser as universidades públicas do Brasil é um fato histórico em si e um privilégio para vocês formandos...
Agora é seguir a estrada que está apenas começando.
Parabéns UFPB!
Parabéns todos os formandos!
Ao Manoel um parabéns especial,  pelo seu esforço e persistência.
Lembro-me de um episódio engraçado, que aconteceu com o mesmo e que ele contou na aula da saudade, com o aplauso de todos: quando no início do curso, apesar de ter estudado muito, perdera uma cadeira e veio aquela tristeza imensa e ele, ao chegar a casa, confidenciava a sua filha menor que desistiria, pois estava muito difícil e a filha querida lhe deu uma lição de moral.
- Mas papai, e cadê a persistência e o esforço para nunca desistir, que você me ensinou? Pior foi eu, que arrumei a minha boneca, ficou a mais bonita de todas e mesmo assim perdi o concurso de bonecas daqui de Boa Ventura. Lembra? . Mas fui até o fim e não desisti e nunca chorei.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO.

Nenhum comentário: