PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
Rua Pedro Caboclo Alvarenga- Conjunto Arsênio Alves- Boa Ventura- Paraiba- Brasil

"Criança Evangelizada Hoje, Homem de Bem Amanhã"

PROGRAMA PENSE NISSO

PROGRAMA PENSE NISSO
PROGRAMA PENSE NISSO . De segunda á sexta, 17 horas . Na Rádio Boa Nova de Itaporanga- CLIQUE NA IMAGEM E OUÇA A RÁDIO

Onde Está a Verdade?

Onde Está a Verdade?
(Reynollds Augusto)

Em primeiro lugar a verdade não está em coisas que divergem. Esse é o ponto básico de compreensão. Muitas verdades de cada um, são realmente verdades; e muitas verdades de outros, são flagrantes mentiras ou inverdades. A verdade das verdades reside na causa causal de tudo, que apelidamos de Deus, mas que está muito longe de nossa compreensão. Jesus nos indicou o caminho do equilíbrio, que é exatamente procurar a verdade, que ela nos libertaria.

Pilatos tentou arrancá-la de mestre e ele calou-se. O homem não estava preparado para ouvir verdades, seria “atirar pérolas aos porcos”. Ele simplesmente emudeceu. Não que não sabia, é que naquele momento era improdutivo tentar explicar. Talvez, hoje, o antigo Pilatos seja um espírito mais bem preparado e já consiga divisar as grandes verdades, que são as buscas de todos nós.

Como o Espiritismo é filosofia, ele busca as verdades. Como é ciência, consegue provar que essas “verdades” são realmente verdades. O professor Kardec ao codificar a Doutrina Espírita, que é Jesus de volta, disse que se a ciência tradicional provar que um ponto do espiritismo está errado devemos deixar esse ponto e seguir a ciência. O danado é que, como verdades são verdades, até hoje não se conseguiu provar um único ponto do espiritismo que estava em erro. Nada de fora do espiritismo não há salvação, isso seria bobagem, fora do amor é que não há “salvação”, no sentido de evolução.

Um ambiente próprio que busca a verdade é a Justiça Comum, órgão do qual sou servidor. E a busca da verdade se faz premente nesse setor, para que se possa realizar a justiça, que não é apenas um valor. Cada advogado ao defender o seu cliente, tem a sua verdade própria, que na dança do contraditório, se esforça para fazer ver ao Estado-juiz, que o seu direito é o mais límpido. Como o ser humano é brigão e não consegue se dar por vencido, a verdade escolhida pelo Juiz, será submetida a outros órgãos, que em tese seriam mais experientes. Tudo para perseguir a certeza legal e a certeza factual.

A veneranda Joana de Angelis, espírito preparado, e que ao longo de suas inúmeras encarnações perseguiu a verdade e muitas dessas encarnações vivendo no seio da igreja católica, escreveu um livro, pelas mãos de Divaldo Franco, chamado “Em busca da Verdade”, que deveria ser um livro de cabeceira de todos aqueles que a perseguem. Há um, expressão interessante desse livro que transcrevo ao leitor e que serve de reflexão para as nossas vidas:

“...O objetivo essencial da existência humana, do ponto de vista psicológico, na visão Junguiana, é facultar ao indivíduo a aquisição da sua totalidade, o estado numinoso, que lhe faculta o perfeito equilíbrio ...”

A verdade está no equilíbrio e o ser humano precisa agir dizendo “sim, sim; não,não”.


Mas há uma certeza que não comporta recursos e não precisa de contraditório: Estamos todos “morrendo”, ou como dizem os espíritas, desencarnando, e nessa dança do tempo é preciso acertar os passos para não tropeçar no meio do caminho e não se alimentar das ilusões, que “mata o espírito”.



Qual é a sua verdade?











Nenhum comentário: