PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
Rua Pedro Caboclo Alvarenga- Conjunto Arsênio Alves- Boa Ventura- Paraiba- Brasil

"Criança Evangelizada Hoje, Homem de Bem Amanhã"

PROGRAMA PENSE NISSO

PROGRAMA PENSE NISSO
PROGRAMA PENSE NISSO . De segunda á sexta, 17 horas . Na Rádio Boa Nova de Itaporanga- CLIQUE NA IMAGEM E OUÇA A RÁDIO

Retirar o Espírito da Letra


Retirar o Espírito Da Letra

(Reynollds Augusto)

 

Todos nós sabemos que existe a verdade. Mas ela ainda está, inalcançável a nós, pobres espíritos orgulhoso e egoístas, que moramos em um planeta atrasado moralmente, que parece mais uma poeira cósmica, viajando pelo espaço infindo. Esse é o universo material, que vemos.

Há o universo espiritual, que existe, pré-existe e sobrevive a tudo, bem maior. Nossa “racionalidade” não consegue perceber essa verdade. Na nossa condição, entender a vida é um mistério.  Somos, ainda, como feras, devorando os outros, alimentados pelas ilusões e inventando fórmulas, para projetar a nossa personalidade.

Alguns se arvoram detentores dessa verdade e enganam os incautos, fragilizados pelo sofrimento e influenciados pela fé irracional, que aprisionam muitos no carro das ilusões.  Jesus, sempre maduro e tendo percepção de futuro, pois via além do tempo, já asseverara que “haverá falsos Cristos e profetas que enganarão até os escolhidos”. Eita!

 Há aqueles, de boa fé, que realmente interpretam as passagens bíblicas ao sabor da sua maturidade e isso é compreensível, pois cada qual tem o seu papel na senda do progresso. Mas há os de má-fé mesmo, que manipulam e utilizam as forças vivas do universo para se locupletarem financeiramente ás custas do sofrimento dos outros. Divulgam um Jesus que não é aquele nazareno, filho dos humildes Maria e José, que ensinou a humanidade: “De que adianta ao homem ganhar o mundo e perder a sua alma”

 

Entende?

 

Eu até acredito que o povo sofrido, buscando curas para as suas dores, alcance o resultado de seus sinceros pedidos, pois a “fé remove montanhas”.  O Pai não vê as aparências e sim a sinceridade.  E há médicos espirituais que agem do perispírito (que é o nosso corpo espiritual), para minimizar as dores, repercutindo no corpo somático, que é o corpo físico. É por isso que os médicos da medicina convencional têm à conta de “milagres” certos restabelecimento orgânicos, que seriam impossíveis aos seus olhos profissionais e á luz da ciência tradicional. Quando a medicina descobrir a existência do perispírito, a “coisa” vai melhorar.

É como a figura do demônio. Tem gente que acredita mesmo no “coisa ruim”.  Não entende que sempre foi um símbolo criado pela ortodoxia religiosa e que representa o nosso estado interior desajustado, que precisa ser “trabalhado” para adquirir valores morais e substituir sentimentos ineficazes.

A estória afirma que eles, os demônios, tinham sido anjos que pecaram antes da criação de Adão. Foram castigados à marginalização. Foram para o inferno, uma região atormentada. Dizem que está no centro da Terra e ele estão no firme propósito de torturar as almas. Alguns pastores os amarram em nome de Jesus, mas esses nóis são frouxos, pois logo estão de volta a atormentar os desavisados.

Essa é uma tese que não se sustenta mais às luzes da racionalidade presente. É claro que existem espíritos atrasados, mentirosos, enganadores, como os seres humanos. Pois os espíritos somos nós, sem esse corpo físico, que está na contagem regressiva e que morre todo dia.

Eles podem nos influenciar, pois tem “lá” cada “cabra” ruim, mas só nos deixamos ser influenciados quando não buscamos o equilíbrio interior. O mestres já nos disse “Orai e Vigiai, para não cairdes em tentação”. Orar é estar ligado a Deus, vigiar é se conhecer para controlar as más tendências e realizar o que o sábio da antiguidade ensinou: “Conhece-te a ti mesmo”.

 


 

Demônio e anjos estão dentro de nós. E “ninguém pode ser induzido o mal, senão pelo mal que guarda em seu próprio coração.

 

É preciso extrair o espírito na letra.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO.

 

 

Nenhum comentário: