PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO
PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

"CENTRO ESPÍRITA SEAREIROS DO BEM - HÁ 25 ANOS EVANGELIZANDO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE"

PROGRAMA PENSE NISSO

PROGRAMA PENSE NISSO
PROGRAMA PENSE NISSO . De segunda á sexta, 17 horas . Na Rádio Boa Nova de Itaporanga- CLIQUE NA IMAGEM E OUÇA A RÁDIO

Nosso irmão CICERO OLINTO Partiu

PENSE  NISSO!  MAS PENSE AGORA MESMO
........................................................................................

Nosso irmão CICERO OLINTO Partiu
(Reynollds Augusto)

Lidar com a morte ainda nos causa expectação.  Pelo menos reflexão. Ela nos ronda todos os dias e é preciso estar preparado quando da sua visita.  Isso porque ela pode vir já, já, daqui a algumas horas, daqui a alguns dias ou em até alguns anos.  Mas não importa, pois o tempo é uma ilusão, como asseverou o Grande Einstein.  Vez por outra alguém aqui de Itaporanga, a mais bela das belas cidades, morre de súbito e do coração e “cabra” novo.

Ela é sempre assim: leva o novo e deixa o velho, leva o são deixa o doente. E vice-versa. A verdade é que o dia ninguém sabe e é por isso que devemos viver cada um, como se fosse o último. Isso qualifica o sentimento e a razão e nos permite as melhores escolhas.

Quem partiu hoje para o mundo dos espíritos foi o meu irmão CÍCERO OLINTO, da cidade de Boa Ventura. Cícero é esse de camisa azul, de boné, do lado direito de quem olha. Está conosco em momento de reflexão.   Um jovem estudioso, tímido, mas que tinha potencial. Manoel sempre dizia que Cícero tinha uma faceta: Há Fora da cidade de Boa Ventura um lixão e ele vez por outra dava uma passada na localidade para resgatar livros do saber, novos, bons.  Muitos escolares, outros filosóficos e até espíritas que a ignorância fazia descartar.  Coitado de nosso povo! Escravo da ignorância.

Faz pouco tempo que ele passou em um concurso da cidade de Boa Ventura e estava guarda noturno. Conseguiu comprar a sua primeira moto. Estava feliz e foi exatamente ela que serviu de instrumento para o seu desencarne. Se bem que não foi propriamente ela, pois existem fenômenos que podem ser evitados. Resolvera ir com um amigo á cidade de Nova Olinda participar das festas juninas e não deu certo. Moto+ festas+ bebidas = Morte.

Deve estar nesse instante analisando a besteira que fez. Só resta agora o recomeço que sempre é mais doloroso. Mas, tinha conhecimento da proposta espírita, realista, cristã.

Eu também já sofri um acidente de moto, quando voltava da cidade de Sousa. Não fui lá para festejar e sim para estudar. Uma pancada danada na cabeça, alguns dias em coma.  Tinha tudo para morrer, mas os meus compromissos aqui eram maiores. Voltei. Estou na moratória.  

Os imortais disseram que a separação da alma e do corpo não é dolorosa, e é verdade. O corpo sofre mais durante as vida do que no momento da morte. A alma não toma parte disso. Os sofrimentos que experimentamos algumas vezes, no momento da morte, são um prazer para o Espírito, que vê chegar o fim do seu exílio’. Mas, os laços não se rompem bruscamente. Há uma demarcação nitidamente traçada. Os dois estados se tocam e se confundem; assim o Espírito se libera a pouco as pouco de seus laços. Eles se desatam e não se quebram, dizem.

Ao nosso amigo CÍCERO, equilíbrio nesse momento. Nossas vibrações e a certeza do reencontro. Nossas homenagens a quem, dentro de suas limitações, esteve sempre perto. Fica em paz e, agora, na dimensão dos espíritos,  que possa usar o seu livre arbítrio para trabalhar conosco pelo bem da humanidade. 

Até logo amigo...

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Um comentário:

Itagiba Ramos disse...

Meus sentimentos...com o desejo de que o afago dos Anjos de Deus estejam com ele ...#PAZeBEM